A igualdade de gênero na São Tomé e Príncipe

A versão do idioma do site:

São Tomé e Príncipe

Símbolos oficiais na São Tomé e Príncipe:

         
Bandeira São Tomé e PríncipeBrasão de armas São Tomé e Príncipe


A igualdade de gênero na São Tomé e Príncipe


Continente: África
  
Iso2:ST
  
Iso3:STP

Para comparar os países (na tabela e no cartão) usando cores:
 
 O bom desempenho;
 
 Média;
 
 Fraco

A lei prevê licença de maternidade paga ou não paga

1 [?] (2015)

Existe legislação sobre violência doméstica

1 [?] (2015)

Classificação de Igualdade de Gênero da OSPI

3 1=baixa a 6=alta[?] (2015)

Violência na família na São Tomé e Príncipe


Mulheres que acreditam que o marido tem o direito de bater na esposa quando ela discute com ele

7 %[?] (2009)
(2010) (em ordem crescente): 23 um lugar no mundo a partir de 70 (68,57%); 3 em África a partir de 35 (94,29%)

Mulheres que acreditam que o marido tem o direito de bater na esposa quando ela queima comida

6,40 %[?] (2009)
(2010) (em ordem crescente): 30 um lugar no mundo a partir de 70 (58,57%); 4 em África a partir de 35 (91,43%)

Mulheres que acreditam que o marido tem o direito de bater na esposa quando ela sai sem dizer a ele

10,20 %[?] (2009)
(2010) (em ordem crescente): 21 um lugar no mundo a partir de 70 (71,43%); 3 em África a partir de 36 (94,44%)

Mulheres que acreditam que o marido tem o direito de bater na esposa quando negligencia filhos

11,70 %[?] (2009)
(2010) (em ordem crescente): 21 um lugar no mundo a partir de 71 (71,83%); 4 em África a partir de 36 (91,67%)

Mulheres que acreditam que o marido tem o direito de bater na esposa quando ela se recusa a fazer sexo com ele

5,60 %[?] (2009)
(2010) (em ordem crescente): 20 um lugar no mundo a partir de 69 (72,46%); 2 em África a partir de 36 (97,22%)

Mulheres que acreditam que o marido tem o direito de bater na esposa (%)

19,10 %[?] (2014)
(em ordem crescente): 34 um lugar no mundo a partir de 86 (61,63%); 4 em África a partir de 43 (93,02%)
1,68 % (0,335 % anual) ↗
min: 19,10; max: 19,50; max-min: 0,400 (2,05%); mid: 19,30;
-0,200 (-1,05%)

Rácio de mulheres para homens na força de trabalho na São Tomé e Príncipe


Força de trabalho

65 384 [?] (2014)
(desc): 181 um lugar no mundo a partir de 185 (2,70%); 52 em África a partir de 52 (1,92%)
11,23 % (2,25 % anual) ↘
min: 33 145; max: 65 384; max-min: 32 239 (49,31%); mid: 49 265;
16 120 (24,65%)

Força de trabalho

37,65 [?] (2014)
(desc): 146 um lugar no mundo a partir de 185 (21,62%); 41 em África a partir de 52 (23,08%)
0,949 % (0,190 % anual) ↘
min: 33,46; max: 37,65; max-min: 4,19 (11,14%); mid: 35,55;
2,10 (5,57%)

Força de trabalho

62,30 masculino[?] (2015)
(desc): 40 um lugar no mundo a partir de 185 (78,92%); 12 em África a partir de 52 (78,85%)
0,652 % (0,130 % anual) ↗
min: 62,30; max: 66,54; max-min: 4,24 (6,38%); mid: 64,42;
-2,12 (-3,41%)

Força de trabalho

1,65 masculino[?] (2015)
(desc): 40 um lugar no mundo a partir de 185 (78,92%); 12 em África a partir de 52 (78,85%)
1,75 % (0,350 % anual) ↗
min: 1,65; max: 1,99; max-min: 0,336 (16,91%); mid: 1,82;
-0,168 (-10,18%)

Liderança na São Tomé e Príncipe


Mulheres que são chefes de família

39 [?] (2009)

Mulheres legisladoras, altos funcionários e gerentes

24,35 [?] (2012)
(desc): 57 um lugar no mundo a partir de 78 (28,21%); 6 em África a partir de 8 (37,50%)
9,61 % (1,92 % anual) ↗
min: 24,35; max: 32,14; max-min: 7,79 (24,23%); mid: 28,25;
-3,89 (-15,99%)

Proporção de lugares ocupados por mulheres no parlamento nacional

18,20 %[?] (2016)